Laboratório de Interculturalidade do PPGLI-UFAC

LogoLabintercultVocê já conhece o Labinter? É um Laboratório de Interculturalidade vinculado ao Programa de Pós-Graduação da Ufac que visa expandir a Linha de Pesquisa “Língua(gem) e Formação Docente”, de modo a “constituir um núcleo de pesquisas sobre as práticas indígenas de leitura e escrita, bem como sobre suas múltiplas linguagens, formas de transmissão de conhecimentos e suas diversas práticas tradutórias, no contexto escolar (…) com ênfase na leitura e escrita das línguas indígenas das três grandes famílias acreanas, Pano (Kaxinawá, Yawanawá, Jaminawa, Katukina, Puyanawa, Shanenawa, Apolima-Arara, Shawãdawa, Kuntanawa, Nawa, Nukini, Tsapanawa) Aruak (Manchineri, Ashaninka) e Arawá (Madiha), bem como em suas traduções.”

Coordenado pela Profa. Dr. Maria Inês de Almeida, docente do PPGLI-UFAC, o Labinter conta com site próprio, onde podem ser encontrados textos, projetos, pesquisadores e demais informações sobre as ações desenvolvidas no laboratório.

Muiraquitã: Chamada de Trabalhos – Dossiê Temático: Políticas Educacionais e Formação Humana

Muiraquitã head banner

CHAMADA DE TRABALHOS

Dossiê Temático: Políticas Educacionais e Formação Humana

Organizadoras:

Renata Cristina Lopes Andrade (FURG)

Suzane da Rocha Vieira Gonçalves (FURG)

Tânia Mara Rezende Machado (UFAC)

Viviani Fernanda Hojas (UFAC)

O Dossiê Temático Políticas educacionais e formação humana pretende reunir contribuições de pesquisadores do campo da educação, letras e humanidades de diferentes localidades para colocar em questão as políticas educacionais e a formação humana. Busca olhares na direção dos desafios e das possibilidades da educação em um cenário de perversidades que desqualificam e coisificam o ser humano e o impede de desenvolver todo o seu potencial.

Eis o convite para refletir sobre a formação humana mediante as políticas educacionais, as práticas educativas, a formação docente, o currículo, os espaços escolares e não-escolares, entre outros. A conjuntura atual impõe a necessidade dessa reflexão conjunta, bem como de avaliações, balanços, perspectivas, problematizações e tensionamentos voltados à recuperação dos sentidos e significados fundamentais da educação.

Assim, com a presente chamada de dossiê da Muiraquitã – Revista de Letras e Humanidades, propomos o pensamento conjunto sobre a complexa ação educacional de modo a tecermos discussões profícuas para a afirmação de um vir a ser de formação humana efetiva.

Data limite para a submissão do artigo no sistema da Revista: 30 de maio de 2020.

Data da publicação do Dossiê Temático: 30 de julho de 2020.

As diretrizes para autores e outras informações adicionais podem ser acessadas pelo link:

http://revistas.ufac.br/revista/index.php/mui/about/submissions#authorGuidelines

Acesso aos volumes anteriores:

http://revistas.ufac.br/revista/index.php/mui/issue/archive

MUIRAQUITÃ – REVISTA DE LETRAS E HUMANIDADES

Muiraquitã: Revista de Letras e Humanidades é um periódico eletrônico, semestral, editado sob a responsabilidade do Programa de Pós-Graduação em Letras: Linguagem e Identidade (PPGLI) da Universidade Federal do Acre – (UFAC), sem fins lucrativos, com o objetivo de propiciar o intercâmbio, circulação e difusão de estudos e pesquisas nas áreas de Linguística, Letras e Artes; Ciências Humanas e Sociais.

Mantida por Instituição Federal de Ensino localizada em uma das mais estratégicas fronteiras amazônicas e panamazônicas, a Muiraquitã tem como um dos focos principais mobilizar e envolver pesquisadores, professores e estudantes de graduação e pós-graduação de universidades dessa macro região, bem como manter relações com as experiências de professores da educação básica e de movimentos sociais das florestas e cidades amazônico-andinas.

As contribuições, na forma de artigos, entrevistas, ensaios e resenhas, poderão ser livres ou vinculadas a dossiês temáticos organizados por profissionais do PPGLI – UFAC e outras instituições ou programas de pós-graduação.

Para o número atual e anteriores, além  das chamadas de publicação clique aqui

Dissertação defendida no PPGLI aborda memória e discurso na Colônia Cinco Mil

A última defesa de dissertação do ano de 2019, intitulada A Consagração da Santa Maria do Padrinho Sebastião na Colônia Cinco Mil (1975-1982) foi do mestrando Rodrigo Monteiro de Carvalho.

Participaram da Banca Examinadora o Prof. Dr. Francisco Bento da Silva – Orientador (UFAC), o Prof. Dr. Marcos de Almeida Matos – Examinador Interno (UFAC) e o Prof. Dr. Fernando Pires Peixoto – Examinador Externo (UFAC).