Rio Branco, Acre é sede das Jornadas Andinas de Literatura Latinoamericana – Jalla

Cartaz Jalla Oficial.jpg

Entre os dias 6 a 11 de agosto a cidade de Rio Branco receberá os participantes de um dos mais importantes congressos de estudos literários da América Latina, que estarão reunidos nas XIII Jornadas Andinas de Literatura Latinoamericana – JALLA.

Com a realização de JALLA 2018 – Amazônia, sob a organização do Programa de Pós-Graduação em Letras: Linguagem e Identidade da Universidade Federal do Acre, a capital acreana se tornará a décima primeira cidade a sediar esse importante evento. As anteriores foram La Paz, Bolívia (1993); Tucumán, Argentina (1995); Quito, Equador (1997); Cuzco, Peru (1999); Santiago de Chile (2001); Lima, Peru (2004); Bogotá, Colômbia (2006); Santiago de Chile (2008); Niterói, Brasil (2010); Cali, Colômbia (2012); Heredia, Costa Rica (2014); La Paz, Bolívia (2016). Esse é o percurso histórico-geográfico das Jornadas Andinas de Literatura Latinoamericana que, em 2018, no marco de seus 25 anos, serão realizadas em Rio Branco – Acre, no coração da floresta amazônica. Uma cidade/floresta com rios, seres humanos e não-humanos em constantes diálogos, conflitos e intercâmbios de saberes, encantamentos e desencantamentos.

Com aproximadamente 800 inscritos para apresentar estudos e pesquisas durante toda uma semana de atividades, JALLA 2018 se tornará o mais importante congresso de literaturas e humanidades realizados em Rio Branco, com participantes de vinte estados brasileiros e diversos outros países, a exemplo de Bolívia, Peru, Colômbia, Chile, Costa Rica, Equador, México, Uruguai, Venezuela, Argentina, Estados Unidos, Itália, França e Alemanha.

Dentre os conferencistas e palestrantes de renome internacional confirmados estão Ana Pizarro, Universidad de Santiago de Chile; Juan Jose Bautista Segales, Universidad Nacional Autónoma de México – UNAM; Elizabeth Monasterios, University of Pittsburgh, USA; Guillermo Mariaca Iturri, Universidad Mayor de San Andrés – Bolívia; Maria del Rosario Rodríguez Márquez, Universidad Mayor de San Andrés, Bolívia; Mauricio Hugo Ostria González, Universidad de Concepción – Chile; Riccardo Badini, Università di Cagliari – Itália; e Albino Chacón Gutiérrez, Universidad Nacional de Costa Rica.

O XIII Congresso das Jornadas Andinas de Literatura Latinoamericana 2018 será presidido pelo Professor Dr. Gerson Albuquerque (UFAC) que, ao lado das professoras doutoras Lívia Reis (UFF) e Márcia Paraquetti (UFBA), representa o Brasil na condição de secretário nacional de JALLA.

Para maiores informações: https://www.jalla2018.org/

 

 

Dissertação defendida no PPGLI aborda Identidade e Práticas Interculturais na Escola Indígena

Ocorreu na tarde do dia 17, a defesa pública de dissertação de Valdirene Nascimento da Silva Oliveira (Kamara Kymio), intitulada “Identidade e Práticas Interculturais na Escola Indígena na Aldeia Camicuã – Boca do Acre”.

Participaram da Banca Examinadora o Prof. Dr. Francisco Bento da Silva – Presidente/Orientador, o Prof. Dr. Marcello Messina – Examinador Interno (UFAC) e o Prof. Dr. Sidney da Silva Facundes – Examinador Externo (UFPA).

Língua Apurinã é tema de palestra proferida no PPGLI

IMG_6437.JPGNa tarde de hoje, 16, aconteceu a Palestra intitulada “Línguas indígenas e sua contribuição para a linguística, antropologia e literatura amazônicas: o caso de Apurinã (Aruák)”, proferida pelo Prof. Dr. Sidney Facundes da Universidade Federal do Pará.

A mediação da palestra foi feita pelo Prof. Dr. Shelton Lima, docente do PPGLI-UFAC.

O Prof. Sidney Facundes possui graduação em Língua Portuguesa e Literatura pela Universidade Federal do Pará(1990), especialização em Curso Intensivo de Lingüística Indígena pela Museu Paraense Emílio Goeldi(1988), especialização em LSA Linguistic Institute pela University Of California At Santa Cruz(1991), mestrado em Lingüística pela University of Oregon(1994), doutorado em Lingüística pela State University Of New York At Buffalo(2000), aperfeicoamento em Instrumentos Computacionais de Análise Lingüística pela Universidade Federal de Santa Catarina(1991), aperfeicoamento em LSA Linguistic Institute pela The University of New México(1995) e aperfeicoamento em LSA Linguistic Institute pelo Ohio State University(1993). Atualmente é Adjunto da Universidade Federal do Pará, Membro de corpo editorial da Journal of Language and Linguistics e Revisor de projeto de fomento da Endangered Languages Documentation Programme. Tem experiência na área de Lingüística, com ênfase em Teoria e Análise Lingüística. Atuando principalmente nos seguintes temas:apurinã, Aruak, gramática descriptiva, língua indígena, lingüística descritiva. (Informações disponíveis na Plataforma Lattes).

 

A palestra contou ainda com a participação de uma turma de alunos do 1º Ensino Médio do Colégio Estadual Armando Nogueira, que tem desenvolvido um trabalho sobre os Apurinã na Disciplina de Sociologia, sob orientação do Professor Roosevelt José de Paiva Marques.

IMG_6444

 

Palestra

Palestra Sidi Facundes.png

Convite

Convite Defesa Valdirene.png

Conteúdos Afro-Brasileiros e Indígenas em Disciplina de Artes são abordados em dissertação defendida no PPGLI

Ocorreu na tarde de ontem, 28, a defesa pública da dissertação da mestranda Rafaela da Silva de Lima intitulada “Os Conteúdos Afro-Brasileiros e Indígenas na Escola Gloria Perez: um Enfoque na Disciplina de Artes”.

Participaram da Banca Examinadora o Prof. Dr. Gerson Rodrigues de Albuquerque – Presidente/Orientador, a Profa. Dra. Tânia Mara Rezende Machado – Examinadora Interna (UFAC) e a Profa. Dra. Hanna Talita Gonçalves Pereira de Araújo – Examinadora Externa (UFAC).

Dissertação defendida no PPGLI aborda Ensino de Língua Espanhola

Ocorreu na tarde de segunda-feira, 25, a defesa pública de dissertação da aluna Simone Vieira Nieto Blanco intitulada “Encenações nas Aulas de Língua Espanhola: Contribuições para o Desenvolvimento da Oralidade”

Participaram da Banca Examinadora a Profa. Dra. Lindinalva Messias do Nascimento Chaves – Presidente/Orientadora, a Profa. Dra. Paula Tatiana da Silva Antunes – Examinadora Interna (UFAC) e a Profa. Dra. Áustria Rodrigues Brito – Examinadora Externa (UNIFESSPA).