Professora da UFMG fala a futuros professores sobre tecnologia educacional

Doutora em Tecnologia Educacional e mestre em Inglês, a professora da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Reinildes Dias, participou, na última semana, de uma série de atividades na Universidade Federal do Acre (Ufac). Além de ministrar palestra e workshops, a pesquisadora integrou a banca examinadora da defesa de dissertação de mestrado da estudante Ana Paula Melo, com o tema “Materiais curriculares de língua inglesa do Centro de Idiomas do Ifac: uma análise das Habilidades para Comunicação”.  Reinildes foi convidada pelas equipes do programa de pós-graduação em Letras: Linguagem e Identidade (PPGLI) e do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid) de língua inglesa.

Na quinta-feira, 25, a doutora falou ao público em geral sobre “Leitura e produção de textos em inglês: teoria e prática ao longo dos anos”; no dia seguinte, apenas para bolsistas e supervisores do Pibid (Inglês), ministrou o workshop “Avaliação do livro didático e importância do protagonismo dos aprendizes por meio de recursos da web: Webquests e Audacity”; fechando a série de atividades, já no sábado, 27, o encontro teve como tema “Tecnologias digitais e o ensino de língua inglesa”.

Reinildes diz que as tecnologias são aliadas do professor e, se há dez anos eram pouco exploradas, hoje devem se tornar cada vez mais presentes no desenvolvimento da linguagem escrita e oral. “O grande desafio, hoje, para as secretarias de educação, é a formação do professor voltada à integração das tecnologias digitais. O MEC já incentiva o uso de ferramentas digitais para o ensino-aprendizagem”, afirma a pesquisadora.

Ao lado de outras duas pesquisadoras, Leina Jucá e Raquel Faria, Reinildes é autora da coleção “High up”, voltada a estudantes do ensino médio. A série de três livros integra a edição 2015 do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD). A expectativa é que mais de 3 milhões de estudantes da rede pública de todo o país tenham acesso à publicação. A coleção é composta por um livro impresso e outro digital repleto de conteúdo multimídia.

Postado em: 29/9/2014

ASCOM/UFAC

Diáspora haitiana é tema de dissertação no PPGLI

Aconteceu hoje, 29, a defesa de dissertação do mestrando Armstrong da Silva Santos, cujo título é HAITIANOS NA AMAZÔNIA SUL-OCIDENTAL: IDENTIDADES E NARRATIVAS EM TRÂNSITO.

Compuseram a Banca Examinadora o Prof. Dr. Gerson Rodrigues de Albuquerque – UFAC – Orientador/Presidente,  Prof. Dr. João Carlos Ribeiro de Souza – UFAC – Membro Interno,  Profª. Drª. Maria Antonieta Antonacci – PUC/SP – Membro externo e Prof. Dr. Francisco Bento da Silva – UFAC – Suplente.

Mestrado em Letras realiza palestra e lançamento de livro

imageO programa de pós-graduação em Letras: Linguagem e Identidade da Universidade Federal do Acre (Ufac) promoveu nesta segunda-feira, 29, a realização de uma palestra, o lançamento de um livro e a defesa de uma dissertação.

Na parte da manhã, foi lançado o livro “Memórias Ancoradas em Corpos Negros”, bem como realizada a palestra “Memórias do Corpo em Diásporas Negras nos Tempos Presentes”, ambos protagonizados pela doutora Maria Antonieta Antonacci, docente do curso de pós-graduação em História da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP).

Na parte da tarde aconteceu a defesa da dissertação do aluno Armstrong da Silva Santos, intitulada “Haitianos na Amazônia Sul-Ocidental: identidades e narrativas em trânsito”. Armstrong, de cuja banca participaram os professores Maria Antonieta Antonacci e João Carlos Ribeiro de Souza, foi orientado pelo professor Gerson Rodrigues de Albuquerque.

A palestra e o lançamento do livro ocorreram no auditório da Pós-Graduação da Ufac, no Bloco dos Mestrados; também assinaram sua realização o programa de extensão Escambos Culturais: Saberes Acadêmicos e Não Acadêmicos e o grupo de pesquisa História e Cultura, Linguagem, Identidade e Memória.

Ufac2014290901‘Memórias Ancoradas em Corpos Negros’

O livro da professora Maria Antonieta Antonacci, no dizer do prefaciador da obra, professor Kazadi wa Mukuna, “é uma coleção de estudos independentes planejados para apreender evidências afrodiaspóricas, na originalidade de suas abordagens”.

Ufac2014290902Além disso, ainda de acordo com Mukuna, “é importante para melhor entendimento e interpretação do tecido cultural brasileiro, não só da perspectiva da preservação de elementos culturais africanos no Brasil, mas também do reconhecimento dos seus significados em várias manifestações culturais, desde o contar histórias a designs iconográficos”.

Postado em: 29/9/2014

ASCOM/UFAC

Dissertação sobre MATERIAIS CURRICULARES DE LÍNGUA INGLESA é defendida no PPGLI

Ocorreu ontem, 26, a defesa pública de dissertação da mestranda Ana Paula Melo Saraiva Vieira, cujo título é MATERIAIS CURRICULARES DE LÍNGUA INGLESA DO CENTRO DE IDIOMAS DO IFAC: UMA ANÁLISE DAS HABILIDADES PARA COMUNICAÇÃO.

Participaram da Banca Examinadora a Profª. Drª. Tânia Mara Rezende Machado – Presidente, a  Profª. Drª. Elisabete Carvalho de Melo – UFAC e a  Profª. Drª. Reinildes Dias – UFMG.