Dissertação defendida no PPGLI aborda memórias do Santo Daime em Cruzeiro do Sul

Ocorreu no último dia 23, a defesa pública de dissertação do mestrando Jáson de Oliveira Gomes, cujo título é “Memórias do Santo Daime em Cruzeiro do Sul: vozes e narrativas dos poetas do Centro Eclético de Fluente Luz Universal Antônio Gomes da Silva”.

Participaram da Banca Examinadora o Prof. Dr. Francisco Bento da Silva – Presidente/Orientador, o Prof. Dr. Fernando Pires Peixoto – Examinador Externo (UFAC) e a Profa. Dra. Marta Valeria de Lima – Examinadora Externa (UNIR)

Dissertação defendida no PPGLI aborda adolescência e sexualidade em discursos de alunos de escola pública de Rio Branco

Ocorreu na tarde de ontem, 20, a defesa pública de dissertação da mestranda Alyne Brandão Alves, cujo título é “Adolescência e sexualidade: estudo analítico descritivo dos discursos de alunos acerca de concepções e vivencias em uma escola pública de Rio Branco – AC”.

Participaram da Banca Examinadora o Prof. Dr. Francisco Bento da Silva – Presidente/Orientador, a Profa. Dra. Marcia Meireles de Assis – Examinadora Externa (UFAC) e o Prof. Dr. Antonio Igo Barreto Pereira – Examinador Externo (UFAC)

Dissertação defendida no PPGLI aborda léxico em obra literária

Ocorreu no dia 02 de março de 2018, a defesa pública de dissertação da mestranda Ruth Negreiros da Silva, com o título O léxico de “Rios e barrancos do Acre” – obra de Mário Maia.

Participaram da Banca Examinadora a Profa. Dra. Lindinalva Messias do Nascimento Chaves – Presidente/Orientadora, a Profa. Dra. Rosane Garcia Silva – Examinadora Interna (UFAC) e a Profa. Dra. Karylleila dos Santos Andrade – Examinadora Externa (UFT), via videoconferência.

Dissertação defendida no PPGLI aborda discursos da heteronormatividade nos jornais O Rio Branco e Gazeta do Acre/A Gazeta (1980-1990)

WhatsApp Image 2018-03-01 at 12.52.00
2018 – Defesa de dissertação de Samyr Alexssander Farias Leite

Ocorreu no dia 1º de março, a defesa pública de dissertação do mestrando Samyr Alexssander Farias Leite, com o título é “Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transgêneros e Intersexuais: Os discursos da heteronormatividade nos jornais O Rio Branco e Gazeta do Acre/A Gazeta (1980-1990)“.

Participaram da Banca Examinadora a Profa. Dra. Francielle Maria Modesto Mendes – Presidente/Orientadora, o Prof. Dr. Gerson Rodrigues de Albuquerque – Examinador Interno (UFAC) e a Profa. Dra. Márcia Veiga da Silva – Examinadora Externa (UNISINOS).

Mestrando do Programa de Bolsas Brasil PAEC/OEA-GCUB defende dissertação na UFAC

IMG_6645
2018 – Defesa de dissertação de José Diez Canseco Carranza

Com a dissertação intitulada “Narrativas del descentramiento en La noche es virgen, de jaime bayly, y la virgen de los sicarios, de fernando vallejo”, defendida e aprovada com mérito no dia 19 de janeiro de 2018, Jesús José Diez Canseco Carranza, aluno do Mestrado em Letras: Linguagem e Identidade, se tornou o primeiro mestrando estrangeiro a concluir seus estudos na Ufac como parte das ações do Programa de Alianças para a Educação e a Capacitação (PAEC OEAS-GCUB), uma iniciativa conjunta da Organização dos Estados Americanos (OEA) e do Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras (GCUB), com o apoio da Divisão de Temas Educacionais do Ministério das Relações Exteriores do Brasil (DCE/MRE) e da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS).

IMG_6641
2018 – Defesa de dissertação de José Diez Canseco Carranza

O Programa de Alianças para a Educação e a Capacitação oferece bolsas a cidadãos dos estados membros da OEA para realizar estudos de mestrado e doutorado em universidades brasileiras que estejam associadas ao GCUB. Contendo 152 páginas, a dissertação de Jesús José Carranza, sob a orientação do Professor Dr. Gerson Rodrigues de Albuquerque, foi concluída dentro do prazo de 24 meses, que se encerra neste mês de março, em breve será publicada em formato E-book pela Nepan Editora, completando o ciclo de pesquisa e defesa com publicação do trabalho final, um importante passo não apenas para a internacionalização, mas para a plena consolidação da pós-graduação na Universidade Federal do Acre.

unnamed

RESUMO DA DISSERTAÇÃO:

A dissertação se constitui como uma abordagem deconstrutiva de dois romances latino-americanos recentes: La noche es virgen (1997), do romancista peruano Jaime Bayly, e La virgen de los sicarios (2006), do escritor colombiano Fernando Vallejo. No primeiro capítulo,  a análise leva em consideração noções teóricas fundamentais em torno das ideias da América Latina, de hibridação e da pós-modernidade, a partir de diálogos com as proposições de Walter Mignolo, Homi Bhabha e Stuart Hall, respectivamente. Neste mesmo capítulo, formula-se um enquadramento conceitual com a intenção de situar as tendências literárias contemporâneas da América Latina e localizar os romances propostos como forma de visualizar suas interseções literárias e discursivas. Partindo dessa contextualização, em um segundo capítulo, analisa-se o romance La noche es virgen, a partir de três dimensões identitárias específicas: ser-sujeito, espaço-tempo, linguagem-discurso. Na primeira dimensão, trabalha-se com as noções de identidade (Bauman) e de sexualidade (Foucault); na segunda, com as categorias de cronótopo (Bakhtin), hegemonia (Williams) e com algumas noções culturais e sócio-conformativas de Édouard Glissant e; na terceira, com a categoria da carnavalização (Bakhtin). No terceiro capítulo, a partir dessa mesma perspectiva metodológica, aborda-se o romance La virgen de los sicarios. Tais escolhas permitem a compreensão de que a pesquisa se movimenta em um terreno instável, com as fragmentações pessoais, os espaços sem fronteiras definidas e as linguagens alternativas aparecendo e gerando confrontos. Os conflitos físicos, culturais, ontológicos e epistemológicos se sucedem e, assim, conformam os substratos discursivos das narrativas envolvidas no estudo. Nas considerações finais são destacadas as proximidades e os distanciamentos existentes entre os dois romances, como forma de inserir no debate cultural uma problemática identitária atual a partir da representação literária.