Professor da Ufac apresenta conferência durante Feira Pan-Amazônica do Livro

O professor Gerson Albuquerque, coordenador do programa de pós-graduação em Letras: Linguagem e Identidade, da Universidade Federal do Acre (Ufac), participa, na próxima quinta-feira, 2, da 22ª Feira Pan-Amazônica do Livro, evento que ocorre em Belém desde o dia 27 de maio e termina em 5 de junho.

Albuquerque abrirá o seminário “Pan-Amazônia e Áfricas: terras [des]colonizadas”, com a conferência “Descolonização da Pan-Amazônia e de África: Projeto Inconcluso”. O pesquisador atende ao convite da Secretaria de Cultura do Estado do Pará, por indicação da professora Rosa Acevedo, do Núcleo de Altos Estudos Amazônicos (Naea).

O tema da conferência reflete discussões e pesquisas desenvolvidas pelo professor há dez anos junto ao mestrado em Letras. De acordo com ele, embora se afirme uma autonomia e independência política em relação aos impérios econômicos internacionais, África e Amazônia permanecem subordinadas na prática.

“Destaco o quanto estes dois significantes, Amazônia e África, foram inventados a partir de narrativas colonizatórias que foram naturalizadas ao longo dos séculos, a ponto de milhares de pessoas reproduzirem os mesmos clichês e estereótipos acerca desses lugares ou regiões do mundo marcadas pelas noções de vazio, primitivo, carente de civilização, distante, desértico etc, como se essas regiões preexistissem às narrativas que as inventaram. Daí o tema que vou abordar: a descolonização como um processo inconcluso”, detalha o pesquisador.

O seminário “Pan-Amazônia e Áfricas: terras [des]colonizadas” será realizado nos dias 2 e 3 com a participação, ainda, de professores da Universidade Federal do Pará (UFPA) e da Guiana Francesa. A programação completa da Feira Pan-Amazônica está disponível no site www.feiradolivro.pa.gov.br/programacao.

image_banner

Postado em: 1/6/2016

%d blogueiros gostam disto: