Professores e Alunos do PPGLI marcam presença no XI Simpósio Linguagens e Identidades (UNIR, campus Porto Velho)

DSCF9159.JPG

Durante os dias de 20 a 24 de novembro, no campus Porto Velho da Universidade Federal de Rondônia, ocorreu o XI SIMPÓSIO DE LINGUAGENS E IDENTIDADES DA/NA AMAZÔNIA SUL OCIDENTAL: NARRATIVAS, NATUREZAS E MEMÓRIAS.

IMG-3361

Cerimonia de abertura. Reitor Ari Ott ao centro.

O evento contou com a presença marcante de alunos e professores do Programa de Pós-Graduação em Letras: Linguagem e Identidade.

Os trabalhos e comunicações de pesquisa apresentados foram:

Narrativas de cidades, florestas e rios na Amazônia acreana
Autores: Gerson Rodrigues de Albuquerque, Raquel Alves Ishii

Educação social através dos mitos da/na floresta: uma relação dialógica entre o natural e o social
Autor: Manoel Messias Feitosa Soares

Globalização, colonialidade e seu impacto na nova literatura latinoamericana
Autor: Jesús José Diez Canseco Carranza

Leitura das entrelinhas da história: uma reflexão sobre as narrativas sobre o outro
Autora: Larícia Pinheiro Silva Ramos

Leitura de desenho infantil: um estudo na escola Hélio Melo
Autora: Maria Izauníria Nunes da Silva

Musicordel: memórias e narrativas amazônicas em versos cantados
Autor: José Eliziário de Moura

Rios, pontes, balsas e fronteiras: uma provocação desde a brasilidade liminar e precária do Vale do Rio Acre
Autores: Jairo de Araujo Souza, Marcello Messina

O Brasil imaginado: representações sobre o Brasil na musica de Cabo Verde
Autor: Francisco Bento da Silva

Estágio Supervisionado do Curso de Letras Português: Narrativas de Alunos sobre o Discurso Predominante da escola
Autora: Valda Inês Fontenele Pessoa

Memórias de Um Sete de Setembro para Além do Patriotismo: Potencialidades Pedagógicas
Autora: Tânia Mara Rezende Machado

Andragogia: As Experiências e Dificuldades do Aluno Adulto de Língua Francesa na UFAC
Autora: Francinete N. Pereira Ramos

Algot Lange – Notas de um viajante em seus percursos pelo Alto Solimões no início do século XX
Autora: Andressa Almeida de Souza Limeira

A presença dos artefatos tecnológicos no cotidiano acadêmico: experiência formativa
Autores: Maria Aldecy Rodrigues de Lima

Sebastião Salgado, ou a lógica enervante do colonialismo tardio
Autores: Marcello Messina, Teresa Di Somma

As TICs, o Letramento Digital e Multiletramentos: Desafios contemporâneos no ensino de Língua Portuguesa
Autora: Maria de Nazaré Rodrigues de Lima

Simpósio 2018: Lima, Peru

Em 2018, o evento, em sua 12ª edição, será realizado na Universidad para el Desarrollo Andino – UDEA, em Lima, Peru, com vistas a ampliar as relações interinstitucionais em nível de pós-graduação entre a Universidade Federal do Acre e universidades peruanas.

Para o Prof. Francisco Bento, Coordenador do PPGLI, a realização do Simpósio Linguagens e Identidades na cidade de Lima representa uma importante ação transfronteiriça de diálogos entre pesquisadores amazônicos e andinos.

“Depois de dez edições realizadas na Ufac, em Rio Branco, tivemos a ousadia de sair de casa e fomos para Unir, em Porto Velho, realizar o XI Simpósio Linguagens e Identidades. Nossa ideia inicial, ao pensá-lo para além das fronteiras acreanas, considerou o foco e discussões conectadas com outras realidades amazônicas. Imaginávamos circular o evento nos próximos anos pelos estados amazônicos brasileiros, mas as contigências, desafios e irmandades construídas com otros hermanos  nos colocaram diante da oportunidade de realizá-lo em 2018 na cidade de Lima. Não sabemos ainda o tamanho do desafio, mas como diz o poeta: “caminante, no hay camino. Se hace camino al caminar”. Por isso vamos caminhar. Caminhar pelos Andes, pelo litoral do Pacifico, pela cidade de Lima que, através da UDEA, irá nos brindar com encontros e cambios diversos em fronteiras porosas que juntam e separam gentes ao mesmo tempo tão diferentes e tão iguais”, finalizou o coordenador.

 

%d blogueiros gostam disto: